• Home
  • Mike Shinoda
  • Vídeo: Mike Shinoda faz transmissão pelo Instagram e fala sobre o “One More Light”

Vídeo: Mike Shinoda faz transmissão pelo Instagram e fala sobre o “One More Light”

Alguns minutos após o lançamento de “Battle Symphony”, Mike fez uma transmissão ao vivo no Instagram de seu hotel em Toronto. Confira abaixo os principais tópicos mencionados:

– Mike está em Toronto pra entrevistas em rádio e TV, junto com Chester.
– Ele diz que há um pouco de rap no álbum
– Perguntaram se Chester irá fazer rap no álbum. Segundo ele, Chester disse em uma entrevista que o fará em uma música chamada “Sorry For Now”, mas que não é bem o que pensamos, é mais um rap cantado.
– Perguntaram o gênero do álbum e Mike questiona o motivo de tanta preocupação com gênero.
– Eles vão postar imagens do livro de “One More Light” porque ele é muito importante, com imagens grandes e contém por volta de 50 páginas. Menciona os itens presentes no BOX, como vinil, cd, camiseta e broches exclusivos.
– Ao questionarem sobre a loja do LP, Mike disse que a nova loja está demais. Uma versão teste do app do LP para celular está a caminho, e se você já o tem instalado, a atualização será automática e o app foi totalmente reconstruído, e está muito melhor.
– Mike menciona que o vídeo de “Heavy” foi muito divertido de produzir, já que ele não teve que fazer nada (risos).
– Em Heavy, ele diz que Chester trabalhou duro e que ele jogava as coisas no chão, gritava, atuava e que foi divertido.
– Reforça a data de lançamento de OML (19 de maio) e diz que “Battle Symphony” na verdade não é um single.
– Mike menciona as turnês (América Latina e Europa). As músicas novas estarão no setlist, bem como as nossas músicas favoritas da banda.
– Ele fala sobre o fato das pessoas acharem as músicas atuais muito diferentes, e dá exemplos de como as músicas estão sempre misturadas, como “Breaking The Habit” no mesmo álbum que “Faint”, “Given Up” no mesmo que “Leave Out All The Rest”, “The Catalyst” no mesmo que “Waiting For The End” e “Blackout”. Esse álbum é mais uma mistura de gêneros.
– Ele conta que leu há uns dias alguém perguntando “onde estão os instrumentos ao vivo? Os músicos de verdade?” e diz “eles se esquecem que eu toco piano e teclado, então pra eles esses não são instrumentos. Um insulto para tecladistas e pianistas que são melhores do que eu.”

Chester também postou em seu Twitter que mal pode esperar para cantar “Heavy” com Mike em Toronto.

Mike Shinoda em Toronto ao vivo no Instagram (17/03/2017)

Alguns minutos após o lançamento de "Battle Symphony", Mike fez uma transmissão ao vivo no Instagram de seu hotel em Toronto. Confira abaixo os principais tópicos mencionados:- Mike está em Toronto pra entrevistas em rádio e TV, junto com Chester.- Ele diz que há um pouco de rap no álbum- Perguntaram se Chester irá fazer rap no álbum. Segundo ele, Chester disse em uma entrevista que fará em uma música chamada "Sorry For Now", mas que não é bem o que pensamos, é mais um rap cantado. – Perguntaram o gênero do álbum e Mike questiona o motivo de tanta preocupação com gênero.- Eles vão postar imagens do livro de "One More Light" porque ele é muito importante, com imagens grandes e contém por volta de 50 páginas. Menciona os itens presentes no BOX, como vinil, cd, camiseta e broches exclusivos. – Ao questionarem sobre a loja do LP, Mike disse que a nova loja está demais. Uma versão teste do app do LP para celular está a caminho, e se você já o tem instalado, a atualização será automática e o app foi totalmente reconstruído, e está muito melhor.- Mike menciona que o vídeo de "Heavy" foi muito divertido de produzir, já que ele não teve que fazer nada (risos).- Em Heavy, ele diz que Chester trabalhou duro e que ele jogava as coisas no chão, gritava, atuava e que foi divertido.- Reforça a data de lançamento de OML (19 de maio) e diz que "Battle Symphony" na verdade não é um single.- Mike menciona as turnês (América Latina e Europa). As músicas novas estarão no setlist, bem como as nossas músicas favoritas da banda.- Ele fala sobre o fato das pessoas acharem as músicas atuais muito diferentes, e dá exemplos de como as músicas estão sempre misturadas, como "Breaking The Habit" no mesmo álbum que "Faint", "Given Up" no mesmo que "Leave Out All The Rest", "The Catalyst" no mesmo que "Waiting For The End" e "Blackout". Esse álbum é mais uma mistura de gêneros. – Ele conta que leu há uns dias alguém perguntando "onde estão os instrumentos ao vivo? Os músicos de verdade?" e diz "eles se esquecem que eu toco piano e teclado, então pra eles esses não são instrumentos. Um insulto para tecladistas e pianistas que são melhores do que eu."Chester também postou em seu twitter que mal pode esperar para cantar "Heavy" com Mike em Toronto.

Posted by LinkinPark:br on Friday, March 17, 2017